26/07 - 31/07/2016

Lugares

Centro "Não tenhais medo!" e o Santuário de São João Paulo II

Centro "Não tenhais medo!" e o Santuário de São João Paulo II

O Centro João Paulo II "Não tenhais medo!" não é apenas uma homenagem ao papa polonês, mas também a continuação de seu legado espiritual deixado aos seus compatriotas, que ainda é a fonte de inspiração para a Igreja e milhões de cristãos em todo o mundo. "O que estamos tentando conseguir é passar esse legado para as futuras gerações, desenvolvendo-o de uma forma criativa e usando-o como uma ajuda para enfrentar novos desafios. O centro não é apenas um monumento, mas algo mais importante: um lugar onde podemos nos encontrar com o seu pensamento, o seu espírito e a sua santidade ", enfatiza o Cardeal Stanisław Dziwisz.

A iniciativa de criar o Centro foi realizada em Cracóvia, em 2 de janeiro de 2006, pelo Arcebispo de Cracóvia, Stanislaw Dziwisz. A construção das instalações projetadas pelo jovem arquiteto Andrzej Mikulski começou no outono de 2008, nas instalações da antiga fábrica que pertencia à empresa química belga "Solvay", um lugar simbolicamente associado a juventude de Karol Wojtyla.

Durante a primeira fase de construção, a igreja inferior foi construída, onde se pode encontrar as relíquias de João Paulo II. Depois também o Instituto João Paulo II e Centro de Voluntariado foram construídos.

Os planos para a segunda fase do projeto incluiu o Museu João Paulo II, a torre de observação e conclusão da construção da igreja superior. Na igreja superior, os visitantes podem admirar as portas de bronze onde São João Paulo II é retratado junto com os santos e beatos elevados aos altares por ele. A decoração é dominada por pedras e concreto arquitetônico. O altar-mor e as paredes adjacentes são decoradas com um mosaico, obra de arte de Marco Ivan Rupnik SJ, um renomado artista de origem eslovena e autor de mosaicos que podem ser encontrados, por exemplo, na cripta da nova igreja em San Giovanni Rotondo, na Itália. A nova igreja foi consagrada oficialmente em 23 de junho de 2013, dois anos após as relíquias de João Paulo II fossem colocadas na igreja inferior.

As instalações ainda a ser construídas são o Centro de Conferências, a Casa do Peregrino, o Centro de Retiro e Reabilitação e o hotel.

Está página contém cookies. Ao continuar navegando aceitará o seu uso.

Aceitar